quinta-feira, 23 de outubro de 2008

O projeto de uma versão moderna do esportivo SP-2, carro produzido pela Volkswagen no início dos anos 70, começa a chamar a atenção dos especialistas em design automotivo. Produzido pelo designer brasileiro Marcelo Rosa, esta releitura do SP-2 feita em computação gráfica ganhou destaque no site americano Serious Wheels, especializado em projetos de automóveis.
Formado pela Universidade Federal do Paraná e Pós Graduado em DesignAutomobilístico pela FUMEC (MG), Rosa desenvolveu o projeto do SP-2 inspirado na onda de "releitura" de modelos antigos, como o Ford Mustang, o Chevrolet Camaro e o Dodge Challenger. "O SP-2 foi o primeiro carro totalmente desenvolvido no Brasil e exportado para vários outros países", disse Rosa.
No início dos anos 70, a Volkswagen lançou um carro esportivo "baixinho" para concorrer com o Puma e o Karmann Ghia. Era o SP-2, de 1.158 mm de altura capaz de percorrer 10,5 km com um litro e atingir 160 km/h.
O design arrojado criou a expectativa de um veículo ultraveloz, o que o motor de 75 cavalos não confirmou no asfalto. O SP-2 foi produzido durante quatro anos e saiu de linha em 1976, com pouco mais de 10 mil unidades vendidas.




Esta traseira ficaria muito bonita, porém, aparentemente deixaria pontos cegos na hora de estacionar, claro que uma câmera e\ou um sensor resolveria isto.

domingo, 19 de outubro de 2008

Citroen Cruise Crosser Concept (2007)



Este híbrido da Citroen combina diesel com motor elétrico, foi produzido pela Espera Sbarro School baseado no SUV C-Crossover.
O detalhe está no eixo traseiro com duas rodas, e por aqui circulou uma foto de uma Montana com este mesmo conceito, mas como o photoshop corre solto em fotos da internet não sei se seria verdade.
Este concept foi usado para andar em terrenos irregulares de neve, por isto o eixo traseiro um pouco exagerado, digamos assim.
O conceito deste carro resgata a idealogia de Andre Citroen que em 1922 organizou o primeiro "motor crossing" no Sahara, terras inóspitas para o uso de um veículo na época.