quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Feliz natal !!


quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Chevrolet Opala deluxe 1973 com 60 mil km originais





Hoje tive o prazer de conhecer o Rodrigo da empresa BSL restauração de carros em Taboão da Serra. Foi inaugurada na terça-feira e já está com a agenda cheia de carros para serem trabalhados.
Esta beleza de Opala é do Rodrigo, um 1973 com 60 mil km originais, um lindo carro que ele não quer vender por nada e acredite, ele vai restaurar o carro que tem detalhes imperceptíveis.
Esta capota de curvin não é recuperada, é original, o carro é muito bem cuidado, quase em estado de zero, uma jóia rara de 4 rodas. Depois vou fazer um vídeo deste Opala com certeza para mostrar mais detalhes.
Nesta quinta-feira, a BSL vai fazer um trabalho na BMW 325i ano 1995, mas isto eu vou mostrar em outro post.

sábado, 9 de maio de 2015

Projeto restauração VW Kombi 1992 - parte 1 - mecânica










Hoje começou o projeto de restauração da minha VW Kombi que comprei a 6 meses e que já estava para na garagem do meu pai. Nesta primeira parte do projeto, será feita a parte mecânica, pois o motor até chegou a pegar fogo, então melhor verificar o "coração" da Kombi e fazer os devidos reparos, trocando  o que for preciso. Depois serão verificados a embreagem e sistema de freios, a parte elétrica será verificada após a funilaria, mas isto mais demorar um pouco e será tema de outro post.

quinta-feira, 26 de março de 2015

Lançamento Honda HRV, bonita e com cara!!


Quando vi o SUV Honda HRV no Salão do automóvel, tive duas certezas, que seria um lançamento show da montadora em 2015 e que o preço seria perto dos R$ 70mil.

Um belo designer, que chama atenção, a primeira vista muito melhor que os concorrentes Ford EcoSport, Chevrolet Traker e Renault Duster, muito mais equipado e com uma “cara” de importado.

As opções de modelo são as versões LX câmbio mecânico de seis marchas R$ 69.900, LX automático CVT R$ 75.400, EX automático R$ 80.400 e a top EX automática HR-V EXL CVT R$ 88.700, e com fila de espera de até 60 dias, sobretudo a cor branca, a única sólida que não acresce mais R$ 1.200,00 ao valor do carro.


Bem equipado, de série controle de tração e estabilidade e freio de estacionamento elétrico com função brake hold (mantém o carro parado mesmo se o motorista tirar o pé do freio na subida ou descida), ar condicionado, vidros, travas e retrovisores elétricos, airbags frontais, isofix para fixação de cadeirinhas infantis, pneus 215/55 R17, rádio toca CD e MP3, entradas USB e auxiliar, comandos de conexão do celular no volante, ajuste de altura do banco do motorista, volante com regulagem de altura e profundidade. Outros opcionais como multimídia sensível ao toque de sete polegadas com GPS e câmera de ré.

 O painel é muito bonito e bem ergométrico, com uma bela tela de 7 polegadas na versão top, iluminação clara de boa visualização e totalmente diferente dos painéis visto por nós brazucas.


O motor para todas as versões é o 1.8 do Civic, gerando até 140cv e que espero ser suficiente para entregar os 0-100km em 12,1 divulgados e com velocidade máxima de 192km/h. Em relação ao consumo, 9,6 km/l na cidade e 12,2 km/l na estrada.
Enfim um belo carro, mas caro e que será mais um na lista de desejos de muitos brasileiros. Abaixo o vídeo que gravei no Salão do automóvel.

sábado, 24 de janeiro de 2015

VW UP TSI motor TURBO flex 105cv




O modelo terá a importância de ser equipado com o primeiro motor 1.0 três cilindros turbo flex a ser produzido no Brasil e no mundo.
Novo motor quando abastecido com etanol: 105 cv, ou seja 23 cv a mais. Já quando abastecido com gasolina, não há dados divulgados no momento.
A suspensão rebaixada em cerca de 10 mm, para-choque dianteiro com larga entrada de ar, rodas 16", aerofólio, para-choque traseiro com difusor de ar e até mesmo dupla saída de escape.
Grande parte das alterações no design ainda estão aguardando autorização da equipe de marketing e planejamento estratégico, desta forma, as fotos acima sugerem o que pode ser apresentado para o mercado brasileiro.

segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Extintor ABC, a palhaçada para 2015

A partir última quinta-feira (1º), passou a valer a obrigatoriedade de uso nos automóveis do extintor ABC, que apaga incêndio em materiais sólidos como pneus, estofamentos, tapetes e revestimentos. O equipamento substituirá o extintor BC que apaga incêndio em materiais elétricos energizados como bateria de carro e fiação elétrica e também nos combustíveis líquidos óleo, gasolina e álcool.
O extintor ABC deve ser usado em automóveis de passeio, utilitários, caminhonetes, caminhão, trator, micro-ônibus, ônibus e triciclo automotor de cabine fechada. Circular sem o equipamento é infração grave com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira de habilitação.
A determinação do uso desse tipo de extintor está em resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Desde 2005, os carros novos produzidos no Brasil saem de fábrica com o extintor do tipo ABC.
O novo extintor tem prazo de validade de cinco anos. Os extintores BC são válidos por apenas um ano, por isso precisam ser recarregados anualmente. Para quem precisa adquirir o equipamento, o preço pode variar entre R$ 60 e R$ 100.
No Brasil, as melhorias de qualquer âmbito, são colocadas em segundo plano, pois querem lesar o consumidor. O argumento das autoridades é de que esta “notícia” é de conhecimento desde 2005, você viu em algum lugar? Alguma notícia antes de 31 de dezembro 2014?

O fato é que agora todos correm para comprar este modelo, que está em falta nas lojas do ramo, postos de gasolina etc. Mas se com certeza não será argumento para informar ao policial que parar seu carro nas estradas. Enfim, uma palhaçada!
Comprei o meu hoje, o vendedor informou que era o último e que ele só conseguiu comprar 30 unidades na fábrica, onde teve até briga para comprar devido a quantidade limitada.
Mediante isto, verifique seu extintor e caso necessite, procure o mais rápido possível para não ter o desprazer de levar multa e ter o carro apreendido.